Oferta

Move 50mg - 30 capsulas

R$112,64 R$42,00
Entregas para o CEP:
Meios de envio

Descrição do produto

ANTI-INFLAMATÓRIO NATURAL
MELHORA RÁPIDA DA DOR ARTICULAR

A osteoartrite (OA), doença articular degenerativa, artrose ou osteoartrose, como ainda é conhecida em nosso meio, é a doença articular mais prevalente entre indivíduos com mais de 65 anos de idade.

Pensando na diminuição da inflamação e na melhora dos sintomas da OA, desenvolveu-se o Move™, um anti-inflamatório natural, capaz de diminuir a dor e a inflamação nas articulações.

Estudos realizados com Move™ comprovam melhora significativa nos níveis de dor e funções físicas em pacientes com osteoartrite, em apenas 5 dias após o início do tratamento.


Recomendação de uso: Até 100mg ao dia. A dose pode ser dividida em até duas tomadas ao dia.
 

Ações
 Ação anti-inflamatória
 Reduz a dor e o desconforto articular


Vantagens
 Produto Natural – anti-inflamatório não esteroidal, não hormonal
 Não age através da inibição da COX-2 - ausência de contra indicações relacionadas
 Rápida ação - início em 5 dias.
 Certificado Kosher (certificação da comunidade judaica)
 Certificado Halal (certificação comunidade islâmica)
 Non-GMO (não geneticamente modificado)

Referências bibliográficas
1. Sengupta et al. Cellular and molecular mechanisms of anti-inflammatory effect of Aflapin®: a novel Boswellia serrata extract. Mol Cell Biochem, 2011; 354:189–197
2. Vishal A. et al. A Double Blind, Randomized, Placebo Controlled Clinical Study Evaluates the Early Efficacy of Aflapin® in Subjects with Osteoarthritis of Knee. International Journal of Medical Sciences, 2011; 8(7):615-622
3. Krishnaraju A.V. et al. Safety and Toxicological evaluation of Aflapin®: A novel Boswellia derived anti-infammatory product. Toxicology Mechanisms and Methods, 2010; 20(9): 556-563
4. Sengupta et al. Comparative Efficacy and Tolerability of 5-Loxin® and Aflapin® Against Osteoarthritis of the Knee: A Double Blind Randomized, Placebo Controlled Clinical Study. International Journal of Medical Sciences, 2010; 7(6):366-367